em

PMU rebate vídeo sobre “abandono” de paciente no Hospital Municipal

Por Assessoria de Comunicação
Na tarde dessa quinta, 8/6, circulou pelas redes sociais um vídeo do qual consta um senhor deitado ao lado de uma parede do Hospital Municipal de Unaí, com uma sonda e próximo de uma lixeira.
Fatos
Esse senhor, de 97 anos de idade, residente no meio rural do município de Buritis, deu entrada no Pronto Atendimento do Hospital Municipal na quarta-feira, 7/6.
1) – Apresentava fortes sintomas gripais que apontavam para suspeita de pneumonia, que não foi confirmada por exames.
2) – Apresentava constipação intestinal, que foi corrigida em razão do procedimento de lavagem intestinal.
3) – Apresenta também problema de retenção urinária, daí a utilização permanente de sonda.
Na manhã de quinta, 8/6, durante o atendimento, o próprio paciente pediu ao médico Dr Joaquim, para voltar pra casa. Como havia respondido bem aos medicamentos, recebeu alta, com a condição de continuar o tratamento em casa. Sua acompanhante esboçou o desejo de levá-lo pra fora do Hospital. Dr Joaquim disse que ele deveria aguardar no próprio leito, que uma ambulância iria se deslocar de Buritis trazendo para Unaí um acidentado de moto, na qual o senhor retornaria para cidade de origem.
O paciente foi retirado pela sua acompanhante na cadeira do próprio hospital. Poderia ficar na cadeira também nas dependências do hospital. A acompanhante o levou para fora, na cadeira do hospital.
Alegou que estaria mais ventilado. Do lado de fora, utilizando um colchão pessoal, o colocou na situação que o vídeo mostra.
Os desdobramentos
Gravou-se um vídeo. A narrativa pode dar a entender que o próprio hospital colocou aquele senhor naquela condição. Isso não é verdade.
Há uma maldosa utilização política do vídeo por opositores da administração. Isso expõe de forma falsa e negativa a nossa cidade de Unaí.
“Pacientes de outras cidades, em alta, podem e devem aguardar em seus leitos no Hospital Municipal a chegada do transporte de volta pra casa”, salientou Dr. Joaquim, diretor clínico do HMU.
As providências do Prefeito
Logo na manhã desta sexta, 9/6, Branquinho chamou ao seu gabinete a Secretária de Saúde Denise Oliveira; Sibele, diretora do Hospital; Dr. Joaquim, médico responsável pelo atendimento; e Luís Araújo, Gerente Regional de Saúde, representante do Governo do Estado.
Pediu contato com o paciente e/ou familiares. No entanto como tinham retornado para o município de Buritis, e residem no meio rural, nem mesmo os profissionais do serviço público de saúde conseguiram indicar o endereço ou contato telefônico nesta manhã.
O prefeito esclareceu os fatos, entendeu que o procedimento da equipe do Hospital foi o correto, pois jamais coloca paciente nas condições mostradas no vídeo. É comum que pacientes fiquem até dois dias após a alta, no Hospital Municipal aguardando serem buscados por ambulâncias de seus municípios de origem.
Os profissionais de imprensa da cidade foram comunicados da disponibilidade dessas pessoas no gabinete do prefeito para esclarecimentos.
Outras ações
A prefeitura de Unaí aumentou o número de médicos, de ESF´s. Faz constantes gestões no Governo do Estado, em busca de melhorias. No dia 30 de maio o prefeito se reuniu com o Secretário de Estado da Saúde Sávio de Souza Cruz. Entre outras, apresentou demandas de UTI´s, e o referenciamento para o tratamento de Câncer. No dia seguinte, em razão do direcionamento do secretário Sávio, reuniu-se com Luís Araújo da GRS para dar andamento nos procedimentos. Na próxima terça-feira, 13/6, Luís Araújo e a Secretária de Saúde Denise estarão com o Secretário de Estado da Saúde tratando das questões de saúde de Unaí, que repercute nas 11 cidades vizinhas responsáveis por mais de 50% dos atendimentos no Hospital Municipal.

 



Deixe seu Comentário

Rio Preto e Riachinho ficam em 4º no Festival Patos Viola 2017

Grupo SM realiza palestra com grandes parceiros