em

PMU economizará cerca de R$ 100 mil mensais na varrição de ruas

A administração municipal assinou contrato na quinta-feira (9/3) com a nova empresa (vencedora da licitação) que vai fazer o serviço de varrição de ruas, avenidas e praças da cidade. A Prefeitura pagará R$ 88,5 mil por mês pela execução do serviço. Antes, o município pagava R$ 188 mil mensais. A previsão é que os trabalhos se iniciem na segunda-feira, 3 de abril.

O serviço de varrição será feito por áreas. No Centro, uma vez por dia, de segunda a sábado. Em alguns bairros, varrição duas vezes por semana; Em outros, apenas uma vez por semana, conforme a demanda de cada local.

“Entendemos que, com a ajuda da população, vamos conseguir manter a cidade limpa. Muitas pessoas já estão ajudando, varrendo suas portas. Peço que continuem nos ajudando, que isso vai resultar na redução do custo do serviço”, conclamou o prefeito José Gomes Branquinho, ao ressaltar que a administração continua lutando para equilibrar as contas municipais.

Contratação de empregados

Diante da grande procura das pessoas que desejam indicar nomes para trabalhar na empresa que fará a varrição, o prefeito Branquinho informou que a Prefeitura não indica nomes de empregados, a fim de não interferir na execução do serviço.

“A empresa tem total liberdade para contratar quem quiser, porque depois também ela terá total liberdade para demitir quem não estiver trabalhando a contento”, explicou.

Capina e coleta de lixo

Com a relação à coleta do lixo, a Prefeitura assinou aditivo ao antigo contrato mantendo a prestação do serviço atual até o final do processo licitatório que apontará a “nova contratada”.

Para o trabalho de capina, principalmente em canteiros e praças, a Prefeitura planeja envolver os carroceiros da cidade. A intenção é que o serviço de capina comece no início de abril.



Deixe seu Comentário

Prefeito de Unaí visita cemitérios para identificar necessidade de reformas

PMU comemora aprovação da reestruturação administrativa, mas rejeita jeton